Não és único nos desafios que queres ultrapassar (ainda não o sabes, mas tu e eu vamos ser grandes companheiros, por isso vou já tomar a liberdade de, respeitosamente, te tratar por tu). Aproveita a sabedoria daqueles que, antes de ti, se depararam com as mesmas dúvidas e frustrações e encontraram formas de as contornar. Para começares aqui ficam as minhas 8 escolhas para os livros mais revolucionários sobre produtividade:

  1. Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes – Stephen R. Covey: foi aqui que tudo começou: com este livro iniciei a minha jornada de self-improvement. Mais do que um livro sobre produtividade, trata-se de uma jornada de auto-conhecimento, de mudança de paradigmas e de empoderamento. Se só pudesse escolher um livro para ler, este seria “o livro”.
  2. GTD – Fazer bem as coisas – David Allen: é provavelmente o livro de mais difícil leitura de toda esta lista (repete-se bastante), mas vale muito a pena, com a apresentação de um sistema que se baseia no hábito de registar todos os compromissos, obrigações e tarefas de forma a beneficiar de uma “mente vazia”, mais propicia a ter boas ideias, a coloca-las em prática e em fazer acontecer.
  3. How to be a Productivity Ninja – Graham Allcott‎: este livro partilha alguns conceitos com o livro do David Allen, com a vantagem da sua leitura ser mais agradável, divertida e com exercícios de aplicação no final de cada capitulo. O único senão é não estar traduzido para português. Podes adquiri-lo por um bom preço no Amazon em formato kindle.
  4. 4 horas por semana – Timothy Ferriss: em muitos locais de trabalho valoriza-se tanto (ou mais) a quantidade, quanto a qualidade do trabalho e por esta (e por muitas outras razões), para a maioria de nós, o conceito de trabalhar apenas 4 horas por semana é inconcebível. Ainda assim, são várias as dicas deste livro que podem ajudar a melhorar a tua produtividade.
  5. O efeito checklist – Atul Gawande: escrito por um cirurgião, trata-se de um livro simples que explora a eficácia das checklists na redução do erro humano e no aumento da produtividade. Depois deste livro passei a criar checklists para todas as minhas tarefas recorrentes.
  6. Engula esse sapo – Brian Tracy: o autor apresenta estratégias para evitar a procrastinação (um dos grandes inimigos da produtividade). Defende que o segredo não é trabalhar mais horas, mas saber gerir o tempo de forma eficiente e eficaz, tomando decisões de forma determinada e disciplinada.
  7. O poder do quando – Michael Breus: este autor, psicólogo clínico, defende que existem 4 cronótipos diferentes (lobo, leão, golfinho e urso) que influenciam o melhor timing para tudo – comer, dormir, fazer exercício, para se ser criativo, trabalhar, etc. Poderás achar discutível este livro estar numa lista de livros sobre produtividade. Eu acredito que ao descobrires o teu cronótipo e ao te sincronizares com o teu ritmo natural, poderás tirar maior proveito das tuas capacidades e ser mais produtivo.
  8. Ainda não tive tempo – Gonçalo Gil mata: por fim um autor português, com um livro que partilha alguns conceitos com o GTD – Fazer bem as coisas e com o How to be a Productivity Ninja. Com 7 passos para ser mais produtivo com menos disciplina (palavras do autor), é um livro relaxado e com alguns momentos de diversão e com ilustrações muito apelativas.

E tu? Quais foram os livros que revolucionaram a tua produtividade? Estou sempre ávida por novas leituras por agradeço muito a tua partilha.

Obrigada pelo teu tempo.